Diário de Viagem: Veneza

Diário de Viagem


Day 1

16:00 Chegamos na gare de Veneza já no fim da tarde e por isso não conseguimos aproveitar o dia na cidade. Saímos para jantar à noite, num restaurante muito bom mas fomos muito mal atendidos, então voltamos para o hotel e dormimos para aproveitar o dia seguinte.


Day 2

10:00 Após o excelente café da manhã do hotel, saímos para explorar Veneza. Fizemos o passeio clássico à ilha de Murano de vaporeto, esse barco fechado (ainda bem pois estava beeem frio) onde vamos sentados. Já na ilha, os experts nos mostram todas as etapas da produção de vidros e no final de tudo nos deparamos com uma lojinha que vendia desde enfeites bobos até lustres maravilhosos.

Na volta, uma construção numa ilha nos chamou atenção: era o cemitério da cidade, que só é acessível de barco. Ou seja, há um barquinho preto exclusivo para transportar os corpos para serem enterrados ali. O mais legal é que o cemitério era super charmoso. Quero ser enterrada ali! Rs!


Day 3

10:00 Depois do café tradicionalmente nesse horário, saímos para explorar a cidade em si. Visitamos a Piazza San Marco, a Ponte Rialto, a Basílica de Santa Maria della Salute, o Palazzo Ducale. Infelizmente a Ponte dos Suspiros estava fechada e não pudemos vê-la.

15:00 Depois do almoço visitamos as charmosas ruas estreitas, as praças, as diversas pontes, tudo com muito comércio, tanto de lojinhas de souvenirs quanto de grifes de luxo. Havia também muitos artistas expressando suas artes de diversas formas: através de pinturas, gravuras, música...

Um fato curioso é que não andamos nas famosas gôndolas. Não sei dizer se foi por falta de tempo ou dinheiro, mas preferimos explorar a cidade à pé. De qualquer forma, Veneza é muito charmosa e diferente de tudo que existe no resto do mundo, creio eu.

Gostaram?

Beijocas!