Peru: como chegar nas incríveis Rainbow Mountains Vinicunca

Conhecida como "montanhas coloridas", elas existem em apenas 3 lugares do mundo: no Peru, na Argentina e na China. As "montanhas de colores" do Peru, mais especificamente, são ainda pouco conhecidas e exploradas, mas vêm sendo cada vez mais divulgada pelas agências de turismo da região.

Prova disso é que, quando se está em Cusco, quase todas as empresas oferecem o passeio, além de haver nativos disponibilizando cavalos para ajudar os mais fracos na subida. Eles ficam na base da montanha, e podem ser alugados por cerca de 60 soles, subida + descida. Eu bem que tentei subir por conta própria, mas confesso que por conta da altitude, tive que me render à ajuda do animal.

Não foi de todo ruim, pois pude aproveitar melhor a vista, que é bonita em todo o trajeto do passeio. Vai sempre uma pessoa acompanhando, pode ser homem ou mulher, jovem ou mais velho. Quem me levou foi a Luiza, uma senhorinha muito fofa e simpática. Parávamos eventualmente para beber água e para descansar - nós e o cavalo.

O local é bem deserto, por isso é importante levar uma mochila com água e coisinhas para comer, pois lembro de só ter visto vendedores ambulantes lá no alto da montanha. Esse passeio chega à 5.200 metros de altitude, o que é MUITO alto para o que estamos acostumados no Brasil. Acreditem, a hidratação ajuda muito para que a pressão não baixe. Sem água eu não teria sobrevivido...

Um outro ponto importante, é que a temperatura varia muito ao longo do dia, principalmente no inverno. Quando se chega na entrada do "parque", é ainda muito cedo e consequentemente, muito frio. É bom levar itens que possam ser tirados conforme o sol for subindo, como luvas, gorro, cachecol, meias e casacos. Leve também algo para proteger os ouvidos pois pode ventar muito, além de protetor solar e hidratante labial por conta do sol forte, mesmo quando faz frio. Eu repassava a cada 5 minutos e ainda assim sentia meu rosto queimando.

Como chegar lá?

Saindo de Cusco, o trajeto até a base dura cerca de 3 horas de van/ônibus. A maioria das empresas sai de Cusco às 3h da manhã, faz uma parada para o café da manhã às 6h e a subida propriamente dita começa por volta das 7h. A partir daí, são 3 horas de subida e cerca de 2 horas de descida, o que soma 5 horas de trajeto. Por volta de meio-dia, o grupo começa a se reunir de volta na base e um pouco depois das 13h acontece a parada para o almoço, no mesmo local do café da manhã. Por fim, às 14h se inicia o retorno para Cusco, que termina entre 17h e 18h já na cidade. 

Início do passeio, ainda de boa! :)

Início do passeio, ainda de boa! :)

O caminho por si só já é lindo...

O caminho por si só já é lindo...

essa foi pro insta stories!

essa foi pro insta stories!

meu companheiro de aventuras, até que me aguentou bem.

meu companheiro de aventuras, até que me aguentou bem.

aproveitei para ouvir uma playlist enquanto admirava a cena

aproveitei para ouvir uma playlist enquanto admirava a cena

ovelhas, lhamas, cavalos, patos, vários animais vivem ali

ovelhas, lhamas, cavalos, patos, vários animais vivem ali

eu no cavalo e meus amigos firmes e fortes ali na frente

eu no cavalo e meus amigos firmes e fortes ali na frente

chegar no topo compensa muito! essa cena é  inacreditável!

chegar no topo compensa muito! essa cena é  inacreditável!

Quem aí se animou?


- Leia também -