Tudo que você precisa saber para fazer a trilha da Pedra Bonita

COMO-FAZER-TRILHA-PEDRA-BONITA.jpg

Esses dias fui convidada para fazer uma das principais trilhas do Rio de Janeiro: a trilha da Pedra Bonita. Quando parei para pensar o motivo de nunca ter feito antes, cheguei à conclusão de que eu não sabia explicar o por quê.

A verdade é que eu tinha medo - comparava essa trilha com a da Pedra da Gávea, por exemplo. Mas quando contei para algumas pessoas que eu já havia feito a trilha do Morro Dois Irmãos, elas disseram que eu iria “tirar a trilha da Pedra Bonita de letra”. Dito e feito! Vem ver como foi a minha experiência subindo e o que você precisa saber antes de ir!

LINHA-CINZA.png

sobre a trilha 

Como eu já disse, essa não é uma trilha de dificuldade elevada. Ela fica na escala 1 a 2 de 5 das trilhas do Rio - para se ter uma ideia, tinha criança subindo numa boa! Já to até querendo levar os meus pais também! Rs!

A Pedra Bonita pertence à Floresta da Tijuca, com muita área verde coberta com Mata Atlântica em algumas partes e uma vista maravilhosa de vários pontos da cidade do Rio, incluindo a Zona Sul do lado esquerdo e a Zona Oeste do lado direito.

O tempo de trajeto é de aproximadamente 45 minutos para subir e 30 minutos para descer num ritmo lento - o meu caso! Rs! O preparo físico ajuda, e a garrafinha d’água também! No total, você vai chegar a 696 metros de altura, sem pagar nada pelo visual, ou seja, vale muito a pena!

TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-19.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-24.jpg
LINHA-CINZA.png

Informações importantes

Primeiro de tudo, sugiro fortemente que você feche um grupo, de preferência com homens, para marcar a subida, principalmente se você não é do Rio. A gente sabe que essa não é uma cidade tranquila, então tudo que eu posso fazer para minimizar os danos, eu faço. E por isso não me responsabilizem caso não sigam minhas dicas! :P

Sendo assim, me juntei a mais duas amigas, a Alê e a Ste, e dois homens, o Maycon, nosso fotógrafo e guia oficial, e o Douglas. A presença deles dois, que já conheciam a trilha, nos deixou muito mais seguras, tanto à respeito do trajeto quanto à respeito da segurança, principalmente na hora de descer, quando ficou deserto.

 
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-17.jpg
 
LINHA-CINZA.png

Como chegar

Bem, partindo do princípio que você está com um grupo, vocês podem escolher pegar o metrô até a estação de São Conrado, e lá pegar um táxi, Uber ou Cabify, ou então fazer o trajeto todo até a base da trilha da Pedra Bonita de carro.

Caso você vá no seu próprio carro, tem que chegar muuuito cedo porque quando o estacionamento lota, eles não deixam mais nenhum carro entrar (nem Uber e afins). Esse estacionamento é, na verdade, o estacionamento da rampa de voo livre e você tem que pagar em dinheiro (cerca de 5 reais). 

Por isso escolhemos fazer o trajeto todo de Uber mesmo, que nos deixou bem na guarita onde há o portão para a entrada do “parque”, assim dizendo. Essa entrada fica na Estrada das Canoas, e você pode subi-la por São Conrado ou pelo Alto da Boa Vista vindo da Tijuca. Atenção: muita gente não sabe, mas o parque tem horário de funcionamento, que é de 8h às 17h, estendendo até as 18h no horário de verão.   

Mas não adianta chegar, por exemplo às 16h. O horário limite para subir é de 2 horas antes do fechamento, ou seja, às 15h. Também tem gente que pensa em pernoitar ali para assistir ao nascer do sol, o que deve ser incrível, realmente, mas não indico. Não há segurança fora do horário de funcionamento, além disso já ouvi alguns casos de assalto ali. Pense bem se vale a pena!  

Quando você chega no “parque”, você ainda não está na trilha, é preciso subir numa pista bastante íngreme até chegar ao início da trilha em si. Acredite: esse primeiro trajeto é a pior parte! Passando ele, é só seguir o caminho de terra que tem 1257 metros de caminhada e em pouco mais de 30 minutos você terá chegado no topo!

TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-25.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-10.JPG
LINHA-CINZA.png

Quando ir

Sobre o horário, reserve a parte da manhã ou da tarde para isso. Nós decidimos ir depois do almoço, chegando lá por volta das 14h e retornando às 17h, horário em que o parque fecha. Como disse acima, o horário limite para a subida costuma ser às 15h - provavelmente 16h no horário de verão.

Eu achei um bom negócio, mas se você quiser ir de manhã, poder pegar uma luz boa e ficar mais tempo, aí é com você! Nos finais de semana a trilha costuma ficar mais cheia. Fui num sábado e tinha pouquíssima gente lá em cima, por volta das 15h. No verão e no Carnaval é que deve fazer mais diferença mesmo! 

Não recomendo que programem de ir em dias nublados com possibilidade de chuvas, pois obviamente, você pode correr o risco de não ver nada lá de cima, e ainda se machucar deslizando na trilha ou nas próprias pedras, se estiverem molhadas. Acredito também que a entrada da trilha nem deve ficar aberta durante esses momentos de instabilidade. Fica a dica!

LINHA-CINZA.png

O que vestir

Roupas confortáveis e tênis apropriado são as peças chave. Eu escolhi ir de calça legging por conta dos mosquitos, mas vi muita gente de shorts e roupa de praia também. Fica a seu critério! Recomendo não ir com itens de ouro para obviamente, não chamar muita atenção. Devido ao calor, fui com uma blusa branca, que tirei ainda na subida, ficando só de top na parte de cima por conta do calor.

TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-21.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-22.jpg
LINHA-CINZA.png

O que levar

Assim como para todas as outras trilhas, você não pode esquecer:

• o repelente
• a garrafinha d’água com no mínimo 1 litro d’água
• algum snack salgado, de preferência um sanduíche e algum snack doce (no meu caso tenho que andar com os dois)
• protetor solar pelo menos para o rosto
• protetor labial
• óculos escuros
• viseira caso goste de proteger o rosto (eu levei mas não usei)
• elástico para prender o cabelo
• uma toalhinha para limpar o rosto
• uma escova se quiser ajeitar o cabelo para as fotos :P
• um tênis apropriado (algumas partes são escorregadias)
• talvez um desodorante (hehe)
• e seus materiais fotográficos, é claro! 

Como se trata de uma montanha com diversas camadas de vista, se é que vocês entendem o que eu quero dizer, a câmera do celular pode não captar muito bem os detalhes do visual, por isso indico que vocês chamem o Maycon para ir com vocês e deixa as fotos por conta dele!

Um passeio desse merece registros incríveis, e se você não é fotógrafo, dificilmente vai conseguir ter a mesma qualidade. Além de fotógrafo, o Maycon é guia, também entende de exercícios físicos, nutrição e tudo que você precisa para se sentir segura! Pode confiar nele! 

Com o nosso grupo, funcionou super bem! Ficamos todos amigos, no final já estávamos ouvindo música e dançando na trilha! Hahahaha quase uma festa!  

LINHA-CINZA.png

 A vista 

Vamos terminar na melhor parte, contando sobre a vista lá de cima! Conseguimos ver muito bem a Pedra Bonita quando estamos lá embaixo em São Conrado, não é mesmo? Pois bem, o contrário também se aplica: conseguimos visualizar muito bem o bairro de São Conrado lá de cima, além de toda a sua continuação. Logo após o Morro Dois Irmãos, podemos ver as praias do Leblon e Ipanema, e uma parte da Lagoa Rodrigo de Freitas.

Mais à esquerda, é possível ver o Cristo Redentor, um dos maiores pontos turísticos do Brasil, e à direita da Pedra da Gávea, que é a Pedra com a outra trilha que fica ali ao lado, você consegue ver o bairro da Barra da Tijuca, até o Recreio dos Bandeirantes em dias com maior visibilidade. Demais!

Você também pode observar a Floresta da Tijuca, a Mata Atlântica, que teve uma parte devastada e replantada, além dos sons dos pássaros e da paz que é estar ali em cima. Posso afirmar que essa subida vale muito a pena e não vejo a hora de repetir isso tudo! Sem contar que exercício físico ao ar livre é sempre bom, e você vai sair de lá com as energias renovadas!  

TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-09.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-11.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-12.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-13.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-16.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-28.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-08.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-14.jpg
LINHA-CINZA.png

Fotos profissionais

Como eu já disse anteriormente, combinei com o fotógrafo e guia Maycon, de tirar fotos profissionais lá em cima para guardar os registros. Agora é a hora de vocês verem como ficou o resultado do trabalho dele, numa série de fotos que tiramos enquanto nos divertimos muito lá em cima. Reparem na diferença da qualidade das fotos acima, que foram feitas com celular, para as fotos abaixo, com a câmera do fotógrafo!

TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-01.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-02.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-05.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-07.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-04.jpg
TRILHA-PEDRA-BONITA-RIO-06.jpg

Fiquei com vontade de imprimir essas fotos no estilo poster, só não tenho onde pendurar! Rs!

Para marcar com o Maycon, você pode entrar em contato pelo Direct no Instagram: @maayconnunes ou pelo número: 21 99266-8994.

Espero que tenham gostado da dica de hoje e que aproveitem muito o que essa cidade do Rio de Janeiro tem a oferecer!  <3

Leia também

Projeto Mescla: 6 atitudes diárias pelo nosso bem estar

Como se manter hidratada: 6 dicas para começar a beber água ao longo do dia

Conhecendo o restaurante Luce Cucina & Carbone no Fashion Mall

Dicas para um fim de semana de refúgio na Ilha da Gigóia



Beijocas,
Mandzy.  

LINHA-CINZA.png
 
VC-TB-PODE-CURTIR.jpg