Moda: conheça meu novo projeto chamado #garimposdamandzy

Tem se falado muito sobre o futuro da moda, da moda com propósito, do não acúmulo ou desperdício, e tudo mais. Mas o que você tem feito à respeito disso?

Sempre fui conhecida pelas minhas amigas como a garimpeira do grupo. Comprava um vestido lindo com 70%, trazia brincos super exóticos de viagens, bolsas lindas de brechós e cheguei até a costurar minhas próprias peças quando estudei moda na faculdade. Queria ser eu mesma, independente se "estava na moda" ou não. 

FOTO: UNSPLASH.COM

FOTO: UNSPLASH.COM

De um tempo pra cá, senti que perdi um pouco desse meu estilo de vida quando comecei a trabalhar e consequentemente, passei a ter menos tempo. Comecei então, a usar o que todo mundo usava e deixar de me expressar tanto pelas roupas. Fui perdendo aquele olhar peculiar que eu tinha, e ao mesmo tempo, fui perdendo minha identidade

No início de abril, comecei a trabalhar como voluntária num bazar beneficente, onde toda verba arrecadada é distribuída por 50 famílias que vivem numa comunidade carente aqui do Rio. Entre as peças vendidas a preços super baixos, estão roupas, sapatos, acessórios e livros. 

FOTO: UNSPLASH.COM

FOTO: UNSPLASH.COM

Toda semana encontro peças cheias de estilo e em perfeito estado, prontas para serem usadas. Junto a isso, e inspirada no lançamento da série #girlboss da @sophiaamoruso com o @netflix resolvi fotografar alguns looks que produzi a partir dessas peças garimpadas, somadas à peças recém adquiriras de marcas as quais me identifico. 

Depois, incluí alguns itens que eram da minha mãe, outros da minha avó e até mesmo peças minhas de coleções passadas. O resultado de toda essa mistura você pode conferir sempre que eu postar uma foto com a hashtag #garimposdamandzy no Instagram

garimpos-da-mandzy

Com esse projeto, espero abrir seus olhos para o valor de peças antigas e cheias de história que merecem um ressignificado em novas mãos. Muitas delas se encontram ainda super atuais. outras, não seguem a tendência da estação mas são simplesmente a nossa cara! O importante é conseguirmos compreender a importância de reciclar através de brechós e bazares no momento em que vivemos: de muito acúmulo, crise econômica e aquele dever de praticar a sustentabilidade.

Vamos todos pensar nisso e fazer as mais variadas peças circularem? Afinal, a moda não deveria ter regras, e se depender de mim, vou contribuir para um mundo mais criativo, menos consumista e mais cada-um-veste-o-que-quer! O que acham da iniciativa?

PS: eu mesma montei os looks, cabelo e maquiagem, chamei minha mãe pra fotografar com meu próprio celular e dei aquela editada nas fotos. Cada "shooting" tem uma história única, e com isso, seu próprio estilo de edição. Espero que gostem!