Work Experience nos EUA: vale a pena?

Hello!

Hoje vamos falar um pouquinho sobre esse tipo de intercâmbio que pode ser um grande sonho ou um grande pesadelo - depende apenas da forma como você vai se planejar (antes da viagem) e como vai encarar (durante a viagem). Preparada?!

Muita gente me pergunta... e aí, vale a pena? No meu caso foi sim um sonho, apesar de ter passado pelas mais adversas situações, pelas quais eu não precisaria ter passado caso quisesse ficar na minha zona de conforto. Curtir as férias em Búzios entre amigos, por exemplo, seria bem mais fácil.

Mas... como eu tenho essa sede de viver experiências, o work experience fez muito sentido para mim. Trabalhei por 3 meses (de dezembro a fevereiro) no McDonald's da Times Square, em Nova York. Em paralelo, fiz 2 cursos de moda e fotografia, na FIT e na SVA, respectivamente.

Trabalhei também como voluntária na semana de moda de Nova York. E de quebra, ainda dei um passeio pelo Havaí, passando pela California e terminando em Miami, com meu ex namorado. Tudo isso num curto período de 3 meses! Vai dizer que toda essa vivência não agregou e muito na minha vida pessoal e profissional?

Gravei um vídeo para o meu canal no Youtube contando essa experiência com mais detalhes. Se você gostar, aproveita e já me segue por lá também! Espero que depois desse relato fique mais fácil você tomar essa decisão tão difícil, que inclui despesas, aprovação da família, e aprovação própria! No final da sua pesquisa, tenho certeza que você vai saber qual caminho seguir. Boa sorte! ;)

Ficha da viagem:

Idade: 21 anos
Época: 2011/2012
Estilo: viagem para estudantes de faculdade
Empresa contratada: IE Intercâmbio

Se tiver qualquer dúvida, deixa aqui nos comentários!

Beijocas,
Mandzy.


Voluntária na semana de moda de Nova York

Hoje vou contar para vocês um pouquinho da minha experiência como voluntária no Mercedes-Benz Fashion Week - a semana de moda de Nova York no ano de 2012. Hoje em dia, a marca não patrocina mais o evento, mas o esquema continua sendo o mesmo. Quem também sonha em trabalhar nos bastidores de um desfile internacional (mesmo que de graça)?

A primeira coisa que me perguntam é... como consegui? Basta mencionar que tudo é estratégia. No vídeo abaixo eu conto com maiores detalhes como foi o processo, mas resumindo: me inscrevi num curso de curta duração na F.I.T. (Fashion Institute of Technology) de Nova York, pois sabia previamente que a professora desse curso, Barbara, tinha uma agência de relações públicas na qual ela recrutava voluntários para as semanas de moda e outros eventos ao longo do ano.

Com esse plano traçado, eu e uma amiga nos apresentamos para a Barbara demonstrando o maior interesse do mundo em ser voluntária. Não deu outra, 2 semanas depois ela estava nos enviando e-mails com os horários dos desfiles para que confirmássemos a presença no backstage. Foram ao todo 10 (dez!) desfiles vestindo modelos, limpando as peças com o famoso rolinho, colocando toca nas modelos para não estragarem a beauté, além daquela adrenalina e correria para sair tudo conforme planejado.

Quando somos jovens, é muito legal nos sentirmos parte de um evento como esse, não acham? Por isso, não me arrependo nem um pouco de ter usado essa oportunidade para me aproximar dos meus objetivos profissionais, e ainda viver uma experiência deliciosa - mas nada glamurosa - do cenário da moda novaiorquino.

Espero que esse vídeo tire algumas das suas dúvidas, mas você pode entrar em contato aqui nos comentários para mais detalhes, ok?

Beijocas,
Mandzy.


WZ Hotel Jardins, hospedagem com melhor localização em SP

WZ-HOTEL-JARDINS-19.JPG

Na minha última ida a São Paulo, eu já estava de olho no WZ - o hotel que várias blogueiras se hospedam, por ser bem próximo à rua Oscar Freire. Por coincidência, depois que fui chamada para a viagem com a Anacapri, descobri que ficaria hospedada lá. Agora vou mostrar pra vocês um pouquinho mais das instalações e o porque quero me hospedar lá outras vezes!


WZ-HOTEL-JARDINS-20.JPG

Localização

Com certeza o ponto alto da hospedagem. Dá para ir andando para a Av. Paulista e para a Oscar Freire, onde estão as melhores lojas e restaurantes, a Beverly Hills brasileira! Se hospedando lá, você acaba economizando para sair à noite, passear, ir à restaurantes, pois existe muita vida próximo dali. 

Estrutura

O hotel é super novo, simples e charmoso. Sabe aquele hotel que acaba se tornando a sua segunda casa? Claro que em ocasiões especiais, eu indico hoteis mais refinados como o Unique (tem post aqui!), mas no caso de quem está sempre visitando São Paulo e não quer gastar muito com isso, o WZ é a melhor opção.

WZ-HOTEL-JARDINS-14.JPG
WZ-HOTEL-JARDINS-13.JPG
WZ-HOTEL-JARDINS-16.JPG
WZ-HOTEL-JARDINS-18.JPG
WZ-HOTEL-JARDINS-21.JPG
WZ-HOTEL-JARDINS-04.JPG

Eles possuem quartos com camas de casal e de solteiros, luxuosos ou executivos. Ou seja, dá pra encontrar diferentes preços, dependendo da sua proposta (R$200 a R$500, em média). O café da manhã está incluído, assim como academia e um lounge. O restaurante funciona até às 23h e você pode pedir room service - eles tem pratos deliciosos!

WZ-HOTEL-JARDINS-15.JPG

Um outro ponto alto do hotel, caso você seja jovem e festeiro, é que no topo do prédio fica a boate Tetto Rooftop Lounge. Lá acontecem as melhores festas, além de reunir pessoas bonitas e famosas. O preço é um pouco salgado, mas normalmente é convertido em consumação! Fica de olho na programação! ;) 

WZ-HOTEL-JARDINS-10.JPG
WZ-HOTEL-JARDINS-05.JPG

Informações Úteis


Endereço: Avenida Rebouças, 955, São Paulo, Brasil

Telefones: +55 (11) 3069 0000 | 0800-129422

Site: https://www.wzhoteljardins.com.br/

Beijocas,
Mandzy.