Diário de Viagem: um dia no Vaticano

DIÁRIO DE VIAGEM


10:00 Chegamos no Vaticano por volta desse horário. O dia estava nublado e frio, e mesmo assim uma grande fila se formava na Piazza San Pietro para entrar e conhecer a famosa Basílica, o templo católico mais conhecido do mundo! O local é imenso, imponente e impecável. Uma vez na praça, me transportei instanteneamente para os livros de Dan Brown (adoro)!

12:00 Vimos o museu com muitas obras de arte como quadros e esculturas como a Pietà de Michelângelo, compramos lembrancinhas na lojinha e partimos para o passeio mais esperado - pelo menos por mim!

14:00 Subimos a cúpula da basílica, onde se vê os bastidores do Vaticano (como os carros usados e todo o luxo da Igreja) e uma parte de Roma. A subida não é fácil: há uma quantidade enorme de degraus. Não sei precisar quantos, mas são mais de 500 e a altura da cúpula chega a 119 metros - ela também foi projetada por Michelângelo. Dica esperta: há um elevador que ajuda, diminuindo para pouco mais de 300 degraus.

Atenção: a subida realmente não é fácil. Não indico para quem sofre de problemas de coração e para quem não tem o condicionamento físico necessário. Fora isso, há partes bem estreitas que podem te deixar um pouco claustrofóbico. Vale a pena todo esse esforço sim, mas vá sabendo de tudo isso para não ter surpresas. É quase como pagar por um pecado! Hahaha!

É fácil se impressionar com a estrutura, com os detalhes e com a riqueza de tudo aquilo lá. Por isso, o Vaticano recebe milhares de turistas de todas as partes do mundo diariamente, e é de fato, um local muito emocionante - mesmo para quem não é católico. Recomendo a visita ao menos uma vez na vida!

Fique agora com as minhas capturas dessa enorme obra de arte, milimetricamente calculada e não deixe de reparar nos detalhes, que são o que a torna tão especial!

VATICANO-AMANDA-KRAEMER-5.JPG

INFORMAÇÕES ÚTEIS

Endereço: Piazza San Pietro

Como chegar: metrô Ottaviano–San Pietro. Para subir à cúpula, vá pela entrada da direita da basílica, onde você poderá pegar o elevador pra levar até metade do caminho.

Custo: com elevador: € 7,00  | Sem elevador: €  5,00

Horários: de abril a setembro: das 8h às 18h | de outubro a março: das 8h às 17h

Gostou? Tem vontade de ir? Me conta nos comentários!

Beijoca!