NA FEIRA COM A NUTRI ISABEL VIEIRA

Na última semana convidei a minha amiga e nutricionista Isabel Vieira para contar pra gente como é comprar numa feira. Gravamos um vídeo curtinho que vocês podem assistir no final do post e separamos algumas dicas espertas para você não ter desculpas na hora de se alimentar de forma saudável. Confira!

Gente, ir pra feira é uma coisa muito importante, primeiro porque você tem contato com os alimentos mais frescos e a gente ainda tem o benefício da xepa, que é aquele horário que ela é mais em conta ainda.

Então pra quem está com aperto de grana e costuma dizer que comer bem é caro: não é verdade, porque na feira a gente consegue encontrar as coisas boas e baratas.
— Isabel Vieira
FOTO: JA MA

FOTO: JA MA

AMANDA KRAEMER: Bel, o que é a safra dos alimentos? 

ISABEL VIEIRA: A safra dos alimentos é justamente aquele momento em que você consegue encontrar um alimento em maior quantidade, ou seja, ele tem maior oferta, normalmente ele tem maior quantidade de nutrientes e é a época que ele está no seu melhor preço, ou seja, a gente só tem benefícios em comprar na safra.

Alguns alimentos na safra entre abril e maio

FOTO: NUR AFNI SETIYANINGRUM

FOTO: NUR AFNI SETIYANINGRUM

  • Caqui: é uma fruta super doce, então para quem tem vontade de comer açúcar, ele pode dar uma saciada. Comer com moderação.
  • Mamão formosa: é uma fruta muito saudável e rica em fibras. Para o pessoal que tem problemas intestinais, ele costuma ser um dos queridinhos. Na safra fica mais saboroso que o normal.
  • Abacate: tem uma gordura muito boa, ajudando no ganho de massa magra e na nossa saciedade. Aqui no Brasil normalmente a gente consome ele doce, batido com açúcar, leite condensado, sorvete... Mas nos outros países normalmente se consome de forma salgada como guacamole, em saladas, em sopas e até um creme de abacate batido com iogurte, leite vegetal, então as opções são muitas.
  • Tangerina: está entrando na safra, então esse é o melhor período, ela volta a ficar docinha, não mais aquela tangerina azeda. É um lanche super prático para levar e caso você se incomode com o cheiro, é só sair um pouquinho da sala e depois voltar. Não há desculpas para não consumir.
  • Agrião, chicória, espinafre, repolho e salsa: folhosas. Ideal ter pelo menos uma por semana e ir fazendo um rodízio. É importante higienizar direitinho, secar e guardar num lugar hermeticamente fechado para ficar na geladeira numa temperatura amena, nem muito quente, nem muito fria. Dessa forma, dura 5 dias, dá para aproveitar bastante e não há desculpas para não consumir nunca.
FOTO: JONATHAN PIELMAYER

FOTO: JONATHAN PIELMAYER

AMANDA KRAEMER: E o que você acha de comprar peixe na feira? É melhor ou pior?

ISABEL VIEIRA: O peixe da feira é uma ótima opção especialmente para quem usa como desculpa que dá muito trabalho ter que comprar, ter que escolher o peixe mais fresco, enfim... Na feira a gente consegue encontrar peixe fresco, limpo na hora e ainda com ajuda para escolher. Claro que algumas vezes tem algum viéis mas em geral tem ótimas escolhas, é uma carne muito magra, de fácil digestão e muito saudável, então eu realmente recomendo. Se você quiser comprar um peixinho fresco, esse é o lugar!

AMANDA KRAEMER: Então a feira é um bom lugar para comprar de tudo, né?

ISABEL VIEIRA: Com certeza, mas o mais legal da feira é que é justamente um lugar para ir sem compromisso, experimentar todas as frutas, legumes, verduras, os feirantes deixam você provar. Para quem tem filho pequeno, a criança está nesse processo de desenvolvimento do paladar e para quem tem paladar infantil também: você vê coisas diferentes, prova formas diferentes e ainda por cima se beneficia levando para casa coisas super saudáveis e fresquinhas, então feira é uma ótima opção!

FOTO: LEONIE WISE

FOTO: LEONIE WISE

Quer agendar uma consulta? A Isabel atende em Copacabana e responde no e-mail isabel@thaisvieira.com.br. Fique de olho nos próximos posts para não perder mais dicas sobre alimentação saudável!


- Assista ao vídeo -