Praia de Peracanga: um lugar ideal para relaxar perto da cidade

GUIAS-DE-VIAGEM-BRASIL-01.jpg

Nada melhor do que explorar cada cantinho desse nosso país, não é mesmo? Por isso, toda vez que vou ao Espírito Santo - já falei que a minha família por parte de mãe é de lá, né? - procuro conhecer pelo menos uma praia diferente. E dessa vez, a praia escolhida foi a Praia de Peracanga, que fica bem pertinho de Guarapari. Vem ver mais!

Eu e três amigos escolhemos visitar a Praia de Peracanga durante nosso bate e volta de Iriri para Guarapari por ter um mar bem tranquilo, além de uma vasta faixa de areia. Nela, há infra-estrutura de restaurantes e quiosques onde pode-se sentar (na sombra) e passar o dia relaxando, sem stress. É uma praia bem "família", enquanto ao lado, fica a Praia da Bacutia, que é mais frequentada por "galeras". As duas são ótimas e pouco conhecidas por quem não mora no Espírito Santo.

Leia também o post: Balneário de Iriri: super guia de viagem

Chegada na praia de Peracanga: muitas palmeiras

Chegada na praia de Peracanga: muitas palmeiras

Placa "Perto do mar a gente é mais feliz". Pura verdade!

Placa "Perto do mar a gente é mais feliz". Pura verdade!

LINHA-CINZA.png

História

A Praia de Peracanga, é também conhecida como Mucuña, que na língua indígena é o nome de uma planta trepadeira parasita de uma árvore que os índios comiam. Se tornou uma colônia de pescadores, assim como outras praias da região, e hoje faz parte - junto à Bacutia e Guaibura - da chamada Enseada Azul do Espírito Santo. 

Escada de descida para a praia, na parte mais cheia

Escada de descida para a praia, na parte mais cheia

LINHA-CINZA.png

O que fazer

Além de nadar junto às tartarugas, é possível alugar caiaques e SUP durante o verão. Muitas pessoas também aproveitam essa época do ano para sair em seus jet skis e lanchas, que não são alugados, mas complementam o lazer al mare.

Indico os quiosques mais no início da praia - olhando para o mar - que aceitam cartão e servem peixes, frutos do mar, porções de petiscos e água de coco. Pedimos um prata completo de peixe com camarão, aipim frito, batata frita, farofa e molho vinagrete, que serviu 4 pessoas por R$76. Há também opções mais lights e saudáveis!

Ali ao lado fica o Thale Beach Club, com festas e djs renomados como da Privilége e Pacha, aberto durante todo o verão. As festas ali começam por volta das 16h e vão até meia-noite. Curta a página do Facebook do clube e confira a programação. À noite, as opções de festas e shows variam entre o complexo Multiplace Mais, em Meaípe, e a Pedreira Adventure Park, além dos restaurantes e bares.

AMANDA-KRAEMER-PRAIA-DE-PERACANGA-GUARAPARI-11.jpg
amanda-kraemer-peracanga-guarapari
amanda-kraemer-peracanga-guarapari
AMANDA-KRAEMER-PRAIA-DE-PERACANGA-GUARAPARI-10.jpg

Minha tarde na Praia de Peracanga acabou sendo muito agradável - confesso que chegamos na praia logo após uma noite e tanto na Mais, então tudo o que eu queria era relaxar. Acabei dormindo por um tempo, e depois fiquei curtindo a praia na sombra, bebendo bastante água de coco. Antes de irmos embora, paramos numa lojinha em frente à praia para tomar um açaí antes de voltarmos para Iriri. Amei minha tarde ali!

AMANDA-KRAEMER-PRAIA-DE-PERACANGA-13.jpg
LINHA-CINZA.png

Como chegar

O acesso é feito através da Rodovia do Sol, ficando a 6 km do centro de Guarapari. Indo de carro é bem tranquilo, e a praia não fica tão cheia quanto a Bacutia. Para conseguir vaga no verão, é bom chegar cedo. Chegamos por volta das 8h e não tivemos problema para estacionar, mesmo sendo mês de Janeiro.

 

Créditos: Body Salinas | Short Zara | Chinelo Havaianas | Viseira Sollas

Gostaram? Alguém aí já esteve na Praia de Peracanga? Conta nos comentários!

Leia também

Balneário de Iriri: uma tarde na Praia da Areia Preta

Balneário de Iriri: um passeio pelo lindo caminho das pedras

Convento da Penha: o ponto turístico mais antigo do Espírito Santo

Praia do Bananal: um lugar cheio de encanto em Vila Velha

Beijocas,
Mandzy.

LINHA-CINZA.png
 
VC-TB-PODE-CURTIR.jpg