Peru: uma cidade bucólica chamada Ollantaytambo

OLLAN... OLLANTAYTAMBO! Levamos dias pra conseguir guardar o nome dessa cidade, o que se tornou bem engraçado, pois cada vez que íamos mencioná-lo, soltávamos uma pérola diferente: Ollaytambo, Ollaytatambo, Olantambo, e por aí vai....

Seguindo em frente, Ollantaytambo é uma cidade bem interessante - a mais arrumadinha da região do Vale Sagrado dos Incas na minha opinião. Se tiver oportunidade, passe uma noite lá, principalmente se estiver ca(n)sada. Escolha um dos restaurantes aconchegantes da praça e tome um vinho para relaxar depois de passear por horas pelas ruínas incas. 

De Ollantaytambo saem os trens para Águas Calientes, que por sua vez dá acesso à famosa cidade de Macchu Picchu. É importante ficar bem ligada nisso, comprar passagens com antecedência - é bom que você paga mais barato - e não se atrasar, pois a única forma de chegar a Macchu Picchu além do trem é fazendo trilha! Passei um belo perrengue por causa disso, então me "ouçam" e não dêem mole.

A região é composta por diversas montanhas, e o que é mais curioso é que é possível ver de longe os rastros incas desenhados nas rochas, o que demonstra que, além de serem muito avançados para a época, eles eram ainda grandes artistas! :P

Assim como no Parque Arqueológico de Pisac, Ollantaytambo também conta com enormes e complexas construções. Os espanhois, todavia, chegaram e destruíram o que estava sendo construído, interrompendo ali uma grande obra humana. Mesmo assim, ainda há muitos templos e outras construções de pé e "intactas" para serem visitadas.

Só para vocês entenderem melhor o trabalho dos incas: eles extraíam rochas de uma pedreira no alto da montanha, rolavam-nas abaixo e começavam a construção propriamente dita, basicamente toda formada por encaixes. Não usavam cimento, mas uns apoios de pedra que eram muito bem polidos. É impressionante como ficava "perfeito" se você pensar há quanto tempo isso aconteceu...

As ruínas de Ollantaytambo são o principal atrativo da cidade, e vale a pena a subida até o topo! Apesar do cansaço (suba aos poucos para ir apreciando), a vista lá de cima é bem bonita e você vai entender bem melhor o contexto, ver templos e otras cositas más - você vai ver lhamas também! :)

Lá na base, bem na entrada do parque, há uma grande feirinha com produtos típicos. Não tive tempo de passear por ela, mas acredito que ali dê pra encontrar muitas lembrancinhas peruanas de bom gosto. Aproveite e depois me diga o que achou, ok? ;)


- Leia também -