Peru: como aproveitar sua estadia em Cusco gastando pouco

Cusco, ou Cuzco em español, significa "umbigo do mundo". Capital do Império Inca em meados do século XVIII e patrimônio mundial da UNESCO, pode ser considerada a cidade habitada mais antiga da América! Com um quê de Europa, Cusco conta com muitas igrejas construídas pelos espanhóis, o que fez dela um centro cultural e religioso, e sob comando do governante Pachacuti, um centro espiritual e político.

A 3.400 metros acima do nível do mar,  já é possível sentir a altitude pelo esforço empenhado ao caminhar alguns passos do hotel até a praça. Eu já havia passado pelo Salar de Uyuni e pelo Deserto do Atacama, mas mesmo assim senti dificuldades de respirar ao andar pela região. É importante se conhecer, conhecer seu corpo e suas limitações, e se for o caso, ir devagar quase parando. Afinal, quem tem pressa em Cusco?

 

A Plaza de Armas é o melhor lugar para um jantar ambientizado na cidade, pois a maioria dos restaurantes possui varandinha com vista para a praça, servem vinhos, pratos bem servidos e bons drinks. Também há muitas lojas, bares e mercadinhos, além de um Starbucks bem grande - e junto dele, o wi-fi, é claro.

Opções não faltam, e você pode simplesmente passear pela praça, visitar a Igreja da Companhia de Jesus e a Catedral de Cusco. Tente sentar e relaxar no meio da praça, mesmo com mil vendedores ambulantes te perturbando. No meu caso foi fácil, pois presenciei um lindo fim de tarde, sob um céu que mudava de cor a cada 10 segundos, variando tons de azul, amarelo e rosa. Sintam o clima!

A praça mais iluminada que já vi...

A praça mais iluminada que já vi...

Igreja de São Francisco de Assis

Igreja de São Francisco de Assis

Era tanto frio que deixava o nariz vermelho

Era tanto frio que deixava o nariz vermelho

Quase fui atropelada nessa hora, sim ou não?

Quase fui atropelada nessa hora, sim ou não?

O famoso drink Machu Picchu, no hostel

O famoso drink Machu Picchu, no hostel

Brindando com meu primo e a mãe dele

Brindando com meu primo e a mãe dele

O Mercado de São Pedro, já no último dia, foi o lugar com mais achadinhos típicos de toda a viagem! Vale muito a pena, pois os preços são bons e você pode aproveitar para comprar lembranças para a família toda ali, no mesmo lugar. 

Como meu objetivo não é exatamente trazer dicas de viagem, já que existem muitos sites e blogs que já fazem isso, meu conselho é apenas que procurem por passeios que combinem com o estilo de viagem de vocês. O meu objetivo principal quando viajo, por exemplo, é de buscar inspiração, além de me aproximar da cultura local, então é isso que eu tento passar aqui.

Mas caso você queira alguma dica ou informação específica, sinta-se a vontade para me perguntar!

Até o próximo post! 


- Leia também -