Península de Maraú: uma tarde incrível na Ponta do Mutá

Perto de Barra Grande, uma caminhadinha pela praia te leva à Ponta do Mutá, no extremo norte da Península. A região possui algumas pousadas, muitos restaurantes e beachclubs para relaxar e beber alguns drinks. Aproveite para ficar até o pôr do sol, que deixa sempre tudo mais bonito!

Restaurante Sol do Mutá

O Bar e Restaurante Sol do Mutá (que também conta com uma pousada) possui uma entrada exclusiva, por onde cheguei à praia. Lá você tem a opção de se sentar em local coberto um pouco mais para cima da praia, ou de ficar nas barracas onde pega sol mais abaixo. Comecei pedindo uma limonada na barraca bem de frente para o mar, e depois entrei para a parte coberta na hora de comer.

O dono, Macarrão, que frequenta a Ponta do Mutá desde pequeno e resolveu abrir o estabelecimento com sua esposa, Vanina há 3 anos. Assim como ele, os garçons são muito simpáticos e cuidadosos, me trouxeram um potinho com café queimado para espantar as moscas que se sentiriam atraídas com a comida. Dessa forma, comi em paz e tranquilidade.

No dia que fui, o clima estava muito agradável, tocava uma espécie de lounge music, e não estava tão cheio. Consegui relaxar bastante e aproveitar meu último fim de tarde na Península de Maraú como eu queria. Acreditem: não é fácil ter que deixar esse lugar!

Além do clima super agradável, vocês PRECISAM experimentar o peixe frito, que é o carro chefe da casa. É um prato lindo, super saboroso e com preço ótimo! O peixe de 0,5 kg (R$60) serve 2 pessoas e vem acompanhado de vinagrete e farofa na folha de bananeira. Uma delícia!

Atenção: a cozinha fecha às 17h, então não chegue muito tarde para não perder esse almoço delicioso!


- Leia também -